quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Levar as laranjas ao forno





      Não tenho dúvidas que há dias em que é mesmo melhor levar as laranjas ao forno. Cortar aos pedaços e deixar cozinhar lentamente...sem ter que dar tanta atenção. Parece magia como é que uma "caixa" as pode cozinhar tão bem...mas há dias em que é mesmo melhor....é mesmo melhor levar as laranjas ao forno. Deixá-las repousar, ter o seu tempo, devagar...Sem pressas. Ando a ver demasiados programas de culinária mas de facto isto de levar coisas ao forno tem o seu sentido, é outra forma de amadurecer...quanto mais não seja porque no forno têm tempo um pouco de tudo: de pensar, de refletir sobre os mais variados assuntos e tirar conclusões. E no fim podem esperar um sumo bem suculento...Sem pressas.

Há dias em que as laranjas também levam o seu tempo a cozinhar.

Ana Marisa 

sábado, 16 de setembro de 2017

Laranjas no caminho





    Sabem aquela frase que já é quase um ditado? "Pedras no caminho guardo-as todas...um dia vou construir um castelo"? Nunca gostei da frase e até me faz rir. Acho que devemos acreditar em castelos e em contos de fadas...mas só q.b. Para mim é mais "Laranjas no caminho guardo-as todas no bolso ou no cesto...um dia vou encher uma fruteira com elas". Também não tem mal se as for guardando e as for comendo, for fazendo sumo ou bolo. O que importa é estar atenta a elas, quando aparecerem no meu caminho. Um dia vou encher uma fruteira com elas...por enquanto vou fazendo sumo de laranja, bolo, comendo aos gomos ou às rodelas. Acho que devemos acreditar em castelos e em contos de fadas...mas só q.b. No resto dos dias é só mesmo estar atento ao caminho não vá aparecer alguma laranja prontinha a ir connosco...

...Se não tiveres bolsos, nem saco, nem mala...leva-a na mão. Mas leva-a. 

Ana Marisa

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Somos todos laranjas






    Há sempre laranjas em todo o lado, acreditem. Ou uma laranja perdida na fruteira, ou uma montanha delas no supermercado, lá no expositor ao pé das maçãs ou das pêras. Uma laranja na árvore, esteja ela madura ou ainda verde, uma laranja disfarçada por exemplo em bolo de laranja ou em sumo de laranja, ou gelado de laranja, ou alguma coisa cor de laranja. Eu por exemplo tenho laranja no nome. Há sempre laranjas em todo o lado, acreditem. E elas têm várias formas, várias cores, vários cheiros, vários sentidos. Têm que procurar bem...elas estão em todo o lado. No outro dia vi uma mochila em forma de laranja, por exemplo. Isto deve querer dizer alguma coisa. Elas têm um lugar, elas importam, elas fazem a diferença. Nós também temos um lugar, também importamos, também fazemos a diferença. Também temos várias formas, várias cores, vários cheiros, vários sentidos. 

E também podemos estar em todo o lado, acreditem. 

Ana Marisa