sábado, 7 de junho de 2014

Acho que a minha cabeça está cheia de laranjas cortadas aos bocadinhos



Ainda não descobri quem és mas sei que quero lambusar laranjas contigo. E passear pela praia, sentir a brisa do mar a bater-nos nas trombas. Desculpa se não é o vocabulário mais apropriado mas eu também não consigo ser apropriada em certas coisas, nem quero ser. Nem tento, para dizer a verdade. Às vezes acho que estou à espera do super homem ou simplesmente estou armada em bela adormecida, à espera do principe. Não sei. Tento descobrir mas não obtenho respostas. Também não sei se aquilo que quero é aquilo que preciso. Saberemos alguma vez? Acho que a minha cabeça está cheia de laranjas cortadas aos bocadinhos que não me deixam pensar. Deixo-me ir ao sabor do vento...só mais uma vez.

Aquele vento que quero sentir nas trombas, contigo

Ana Marisa

Um comentário:

Mariana disse...

Raramente o que queremos é o que realmente precisamos. Uma vezes precisamos de mais, outras de menos. Maioritariamente, precisamos de algo diferente.